domingo, 13 de setembro de 2015

As fronteiras do Universo




As fronteiras do Universo


Desvendar o Universo é um sonho que, apesar das tecnologias desenvolvidas pelo homem, ainda está distante.



Em 21 de dezembro de 1968, Frank Borman, Jim Lovell e Bill Anders foram os protagonistas de um show inusitado. A missão Apollo 8 durou sete dias e seis noites e foi a primeira a levar o homem à órbita da Lua. Os Estados Unidos davam um passo à frente da União Soviética. Os tripulantes, porém, não conseguiram pousar na Lua. A nave apresentou defeitos graves, enfrentou um choque com um meteorito e uma tempestade solar. Mesmo assim, a operação foi considerada um sucesso: os três conseguiram retornar aos Estados Unidos e o sentimento geral era de que o homem estava pronto para receber o futuro.
Diretores da Nasa anunciaram para o ano de 1969 mais cinco missões Apollo. A de número 9 foi um importante teste de equipamentos e a missão 10 avançou um pouco, mas também não chegou a atingir o solo lunar. No dia 20 de julho de 1969, no entanto, Neil Armstrong, da Apollo 11, tornou-se o primeiro homem a pisar na Lua. A novidade foi comunicada pela TV e pelo rádio a cerca de 1,2 bilhão de pessoas. A tripulação contou com mais dois homens: Edwin “Buzz” Aldrin e Michael Collins. Armstrong proferiu uma das mais famosas frases da história: "Este é um pequeno passo para um homem, mas um salto gigantesco para a humanidade".
A bandeira dos Estados Unidos foi hasteada e a ela Armstrong e Aldrin prestaram continência. Em solo lunar foi deixada uma placa com a mensagem: "Aqui os homens do planeta Terra pisaram pela primeira vez na Lua. Julho de 1969 d.C. Viemos em paz, em nome de toda a humanidade". Na bagagem, os astronautas trouxeram 37 quilos de pedras, que foram analisadas em laboratórios. A ideia era descobrir por meio dessas rochas os segredos do sistema solar e de todo o mundo.
Quatro dias depois dos primeiros passos na Lua, os três voltaram a Terra e ficaram isolados durantes muitos dias. A hipótese de que poderiam sofrer algum tipo de contaminação foi logo descartada. De acordo com os astronautas mais importantes do mundo, a chegada do homem até a Lua representava a nova era da vida na Terra. Os soviéticos saudaram os americanos, mas não se livraram do amargo gosto da derrota.
A missão Apollo 12 esteve na Lua em novembro de 1969 e foi responsável por investigar crateras. Os tripulantes voltaram a Terra com muitas fotografias e material coletado no solo da Lua. No início de 1970 foi a vez da aventura por meio da Apollo 13. A missão foi conturbada em função de vários problemas com a nave durante a viagem de ida. Os astronautas James Lovell, Fred Haise e John Swigert reagiram ao inusitado de forma serena, não demonstraram medo, tomaram as providências emergenciais com precisão e conseguiram voltar com vida.
Alguns anos após a primeira viagem até a Lua, imaginava-se que a colonização de outros planetas viria logo em seguida. O Projeto Apollo durou duas décadas e foram investidos mais de 40 bilhões de dólares por parte dos Estados Unidos. O valor da conquista simbólica é inegável e lucrou-se muito com a aplicação da tecnologia espacial em outros setores industriais. Em ganhos práticos ainda falta muito.

“Este é um pequeno passo para um homem, mas um salto gigantesco para a humanidade.”



Uma das marcas deixadas em solo lunar pelas botas do astronauta Aldrin na missão Apollo 11 em 20 de julho de 1969


 Uma das marcas deixadas em solo lunar pelas botas do astronauta Aldrin na missão Apollo 11 em 20 de julho de 1969
Uma das marcas deixadas em solo lunar pelas botas do astronauta Aldrin na missão Apollo 11 em 20 de julho de 1969



Astronautas da missão Apollo 11


 Astronautas da missão Apollo 11
Astronautas da missão Apollo 11, da esquerda para direita, Neil A. Armstrong, comandante; Michael Collins, piloto do módulo de comando; e Edwin E. Aldrin (Buzz), piloto do módulo lunar.



Apollo 12, a segunda missão lunar de pouso


 Apollo 12, a segunda missão lunar de pouso
Apollo 12, a segunda missão lunar de pouso





A fronteira do Universo


Muitos artistas encontram seus motivos no universo. Universo que guarda inúmeros mistérios, que conseguimos enxergar aqui da terra e que vive em nossos sonhos, emoções, fantasias, ...
O artista representa o Universo do tamanho de seu mundo e nós o vemos do tamanho do nosso mundo.

A fronteira do Universo


 A fronteira do Universo
ZEMEK, Carlos. A fronteira do Universo. s.d. Óleo sobre tela, 50 x 40 cm. Acervo do autor.





Astronave - Helena Kolody



Soberbo monumento da astronáutica
num pedestal de cifras.
Bezerro de ouro,
cosmonave!
Milhares de famintos
baixaram ao vale da morte,
para que pudesses subir.

KOLODY, Helena. Sinfonia da vida. Curitiba: Posigraf, 1997.





Decolagem do Ônibus Espacial Atlantis em sua última missão


 Decolagem do Ônibus Espacial Atlantis em sua última missão
Decolagem do Ônibus Espacial Atlantis em sua última missão




Glossário


Soberbo: arrogante, orgulhoso.
Pedestal: aquilo que serve para elevar, para colocar em evidência.






Dicas de Gramática



Dica 15 – Uso de “MAU” ou “MAL”

MAU é o oposto de “bom”, como no exemplo: “Eu sou mau. Vou para o inferno”
MAL é o oposto de “bem”, como no exemplo: “Ele fala muito mal”


Dica 16 – Uso de “POR” ou “PÔR”

POR é preposição: “Por favor, reze por mim”
PÔR é verbo, o mesmo que “colocar”: “Vou pôr o livro sobre a estante”





















Links


Sanderlei Silveira (website)

Português: História em 1 Minuto (Blogger)

English: History in 1 Minute (Blogger)

Español: Historia en 1 Minuto (Blogger)

Língua Portuguesa - Educação (Blogger)

Santa Catarina - Conheça seu Estado (História e Geografia)

São Paulo - Conheça seu Estado (História e Geografia)

Paraná - Conheça seu Estado (História e Geografia)

Mato Grosso do Sul - Conheça seu Estado (História e Geografia)

historia1minuto.com.br

sanderlei.com

ssconsult.com.br

ss-solucoes.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário