quarta-feira, 6 de julho de 2016

08 - A arte como registro histórico







“A arte é uma mentira que nos faz ter consciência da realidade.”



Eventos tão importantes como as duas grandes guerras mundiais afetaram o mundo todo e, consequentemente, a arte. Um dos símbolos das consequências dessas guerras é a obra Guernica, de Pablo Picasso, apresentada ao público pela primeira vez em Paris em 1937.
Durante a Guerra Civil Espanhola, no dia 26 de abril de 1937, a cidade de Guernica, capital da província Basca (comunidade situada no nordeste da Espanha), foi bombardeada pelos nazistas. Pablo Picasso, sensibilizado pelo ocorrido, retratou por meio da pintura as suas impressões sobre o bombardeio.
Pablo Diego José Francisco de Paula (Picasso) nasceu em Málaga no dia 25 de outubro de 1881. Aclamado como um dos artistas mais famosos e talentosos de todo o mundo, criou não somente pinturas, como também esculturas e cerâmicas. Considerado como cofundador do cubismo junto com outro artista, Georges Braque. No dia 8 de abril de 1973, o mundo perdeu esse grande artista.
Pablo Picasso desenvolveu um novo estilo de pintura, denominado de Cubismo. O Cubismo rompeu com a perspectiva dotada pela arte ocidental desde o Renascimento. O movimento surgiu na cidade de Paris, em 1907, com a tela Les Demoiselles d’Avignon, pintada pelo artista espanhol Pablo Picasso.
Guernica é uma pintura monocromática. A monocromia acontece quando se utiliza apenas uma cor em todas as suas possibilidades cromáticas.

PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela


  PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela
PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela, 349,3 cm x 776,6 cm. Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madri (ES).


Leitura da Obra


Observe os detalhes da obra Guernica que passou a ser símbolo mundial das atrocidades cometidas durante a guerra civil espanhola. De modo incomum, ela faz rememorar o sofrimento vivido pelas pessoas naquele contexto caótico da guerra.
A tela apresenta imagens distorcidas, corpos encurvados e alongados, formas abstratas representando a violência.
O minotauro ou touro , metade homem, metade touro, pode representar a luta entre o homem e a barbárie. Os olhos humanos no animal podem representar a parte humana.

O minotauro ou touro, metade homem, metade touro, pode representar a luta entre o homem e a barbárie.


 O minotauro ou touro, metade homem, metade touro, pode representar a luta entre o homem e a barbárie.
PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela, 349,3 cm x 776,6 cm. Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madri (ES).


O cavalo com as narinas e os dentes assemelhados a uma caveira humana, pode representar a morte imposta ao povo espanhol pelos ditadores da guerra.

O cavalo com as narinas e os dentes assemelhados a uma caveira humana


O  cavalo com as narinas e os dentes assemelhados a uma caveira humana
PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela, 349,3 cm x 776,6 cm. Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madri (ES).


A lâmpada, dentro de uma forma que lembra um olho, emite luz sobre o cavalo que parece se debater aflito, sugerindo sofrimento.
Uma mão, supostamente a de uma mulher, segura o que se pode chamar de candeeiro ou vela que ilumina o rosto de uma pessoa voltado para a claridade. O rosto revela expressão diversa à das demais figuras humanas, o que pode levar à sugestão de certa esperança em meio ao caos do desespero.

A lâmpada, dentro de uma forma que lembra um olho, emite luz sobre o cavalo que parece se debater aflito, sugerindo sofrimento.


 A lâmpada, dentro de uma forma que lembra um olho, emite luz sobre o cavalo que parece se debater aflito, sugerindo sofrimento.
PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela, 349,3 cm x 776,6 cm. Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madri (ES).


Ao centro, na parte clara, uma flor desperta a atenção remetendo à esperança e à vida.

Ao centro, na parte clara, uma flor desperta a atenção remetendo à esperança e à vida.


  Ao centro, na parte clara, uma flor desperta a atenção
PICASSO, Pablo. Guernica. 1937. Óleo sobre tela, 349,3 cm x 776,6 cm. Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madri (ES).






Outros artistas, ao longo da história, também retrataram célebres batalhas.



GOYA Y LUCIENTES, Francisco de. O três de maio de 1808 em Madri. 1814.


   GOYA Y LUCIENTES, Francisco de. O três de maio de 1808 em Madri. 1814.
GOYA Y LUCIENTES, Francisco de. O três de maio de 1808 em Madri. 1814. Óleo sobre tela, 268 cm x 347 cm. Museo Nacional del Prado, Madri (ES).



DELACROIX, Eugène. 28 de julho: A liberdade guiando o povo. 1830.


  DELACROIX, Eugène. 28 de julho: A liberdade guiando o povo. 1830.
DELACROIX, Eugène. 28 de julho: A liberdade guiando o povo. 1830. Óleo sobre tela, 260 cm x 325 cm. Musée du Louvre, Paris (FR).



Glossário


Cubismo: movimento artístico que rompeu com a representação da harmonia clássica das figuras. Em uma atitude de decomposição, os objetos passaram a ser representados com todas as partes num mesmo plano.
Candeeiro: utensílio de formatos variados que, contendo líquido combustível é provido de mecha torcida (pavio de algodão) e se destina a iluminar.
Monocromático: que é pintado de uma só cor.







Links:


Sanderlei Silveira (Website)

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Áudio Livro

Livros Online

Obra completa de Machado de Assis

Billboard Hot 100 - Letras de Músicas | Song Lyrics - Songtext - Testo Canzone - Paroles Musique - 歌曲歌词 - 歌詞 - كلمات الاغنية - песни Текст

Educação Infantil - Vídeos, Jogos e Atividades Educativas para crianças de 4 à 11 anos

Língua Portuguesa e Atualidades

Arte e Estética

Santa Catarina - Conheça seu Estado

São Paulo - Conheça seu Estado

Paraná - Conheça seu Estado

Mato Grosso do Sul - Conheça seu Estado

Bíblia Online

O Diário de Anne Frank

Mário de Andrade - Macunaíma

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Adolf Hitler - Mein Kampf

José de Alencar - Cinco Minutos

Lima Barreto - O Triste Fim de Policarpo Quaresma

História em 1 Minuto

TOP 50:


Mein Kampf - Adolf Hitler - Download PDF Livro Online

As festas populares no estado de São Paulo

O Alienista - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Atividades extrativistas do estado de São Paulo - SP

As festas populares no estado do Paraná - PR

Áreas de preservação no estado de São Paulo - SP

O Diário de Anne Frank - Download PDF Livro Online

Gonçalves Dias - Marabá - Poesia

O tropeirismo no estado do Paraná - PR

Macunaíma - Mário de Andrade - PDF Download Livro Online

Bacias hidrográficas do estado de São Paulo - SP

Atividades extrativistas no Paraná - PR

Os imigrantes no século XIX e XX no estado do Paraná - PR

Atividades extrativistas do Mato Grosso do Sul - MS

As atividades econômicas do estado de São Paulo - SP

As festas populares do estado de Mato Grosso do Sul - MS

Biomas brasileiros - SC

Atividades extrativistas de Santa Catarina - SC

Religião – Idade Antiga (História em 1 Minuto)

A população africana e a escravidão no Paraná - PR

Os imigrantes no estado de Santa Catarina no século XX - SC

Áreas de preservação Ambiental no estado de Santa Catarina - SC

As comunidades quilombolas no Mato Grosso do Sul - MS

O relevo do estado de São Paulo - SP

As atividades econômicas do estado do Paraná - PR

Esaú e Jacó - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Áreas de preservação Ambiental no estado de Mato Grosso do Sul - MS

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Capítulo 160 - Das Negativas (Machado de Assis)

Os biomas no estado do Mato Grosso do Sul - MS

A urbanização no estado de São Paulo no início do século XX - SP

A organização do espaço geográfico brasileiro

A poluição do rio Iguaçu (maior rio do Paraná) - PR

Clima e relevo do estado do Paraná - PR

As atividades econômicas no estado de Santa Catarina - SC

Áreas de preservação do estado do Paraná - PR

O Humanitismo - Capítulo 117 - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

Mário de Andrade - Macunaíma - Capítulo V

As comunidades quilombolas no estado de Santa Catarina - SC

Vegetação nativa do estado de Santa Catarina - SC

As comunidades quilombolas no estado de São Paulo na atualidade - SP

Os índios Xetá no estado do Paraná - PR

Bacias hidrográficas de Santa Catarina - SC

Rio Iguaçu e sua importancia na historia do Paraná - PR

Machado de Assis - Esaú e Jacó - Capítulo 60 - Manhã de 15

A ocupação e o povoamento do Mato Grosso do Sul - MS

Clima e relevo no estado de Santa Catarina - SC

A formação da cultura de Santa Catarina - SC

Capítulo 17 - Ursa Maior - Mário de Andrade - Macunaíma

Luís Vaz de Camões - Soneto 57 - De Vos me Aparto, oh Vida! Em Tal Mudança

Bacias hidrográficas do Mato Grosso do Sul - MS

Gonçalves Dias - Canção do exílio - Poesia

As comunidades quilombolas no estado do Paraná - PR

A imigração europeia no estado do Paraná - PR

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Biomas brasileiros - PR

Relevo do estado de Mato Grosso do Sul - MS

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Luís Vaz de Camões - Soneto 43 - Como Quando do Mar Tempestuoso

Mário de Andrade - Macunaíma - Capítulo VIII

A população indígena na região do estado de Santa Catarina - SC

Luís Vaz de Camões - Soneto 45 - Leda Serenidade Deleitosa

Norte Catarinense (Mesorregião) - SC

Mário de Andrade - Macunaíma - EPÍLOGO

Mário de Andrade - Macunaíma - Capítulo XV

Outros Links:


Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

SAP - Treinamentos

Datasul - Tutoriais

Nenhum comentário:

Postar um comentário